1 de ago de 2010

Um bolo antes do filme

Os melhores dias para se frenquentar o cinema são os dias útéis. Está muito mais calmo, vazio, e geralmente é mais barato que nos finais de semana. As pessoas trabalham o dia inteiro e preferem relaxar assistindo TV,  daí o cinema fica fantasmagórico. Certamente, os comentários indesejáveis, risos, gritos de exaltação, clarões de celulares não serão comuns, como são nos finais de semana. Portanto, os melhores dias para se frequentar um cinema são os dias úteis. Sendo possível, após o trabalho, a aula, dia de folga, professor doente, pegue sua esposa ou namorada e vá ao cinema.

Bem, convide-a. Ela talvez aceitará, e levará algum tempo se arrumando. Mulheres são como bolos, precisam de ingredientes e um tempo de preparo para ficarem apreciáveis. E, quando tem ingrediente demais, muito adorno, recheio, invenções culinárias da cabeça feminina, a receita falha, e é o desastre. Solou, queimou, tá doce demais. Experimenta e corre. A receita mais simples é a que menos falha, mas é a menos utilizada.

O ritual do bolo também acontece no preparo para uma festa qualquer. As mulheres competem entre si pelo fato de quem conseguirá a melhor receita. Outra parte dos fatos cotistitui os parceiros. Mulher de bons modos não aparece sozinha em festas, sempre haverá de estar acompanhada. E elas competem... Qual é o marido mais engraçado, bonito, "bebum", calado, inteligente e outras denominações da cabeça feminina... Afinal, o acompanhante também é um ingrediente da receita.

A alegria também conta pontos. Quando não há bebida alcoólica nessas ocasiões sociais, o jeito é improvisar piadas ou deboches. Assim o pessoal fica alegre, como se estivessem sob o efeito do álcool. E, no final da festa, é hora de sair à francesa, termo interessante que ouvi por aí; seria sair de fininho, sem despedidas demoradas; evita-se pedidos de "fica mais um pouco", aborrecimentos, perca de tempo com beijinhos e apertos de mão, ganhando, assim, mais tempo para dormir, mas corre-se o risco de enfraquecer as amizades.

Ah! Sim! Mais tempo para dormir! Sair de fininho, pois amanhã alguém acordará muito cedo e entrará no trabalho antes do horário habitual. Terminará o serviço antes do horário normal de saída, e pegará um cinema logo após, será uma segunda feira, em que não haverá todos aqueles berros, clarões de celulares, comentários e gritos. Poderá também convidar sua companheira, que efetuará o ritual do bolo. Ele indicará a receita mais simples, e ela vai teimar em inventar moda...